ptenes

Entre os dias 29 e 31 de outubro, foi realizada, na Universidade Federal de São João Del Rey, a V Jornada de Debates do Programa de Mestrado em Letras da instituição, em parceria com o Grupo de Pesquisa Linguagem e Discursos da História, da UFRJ. O Tema do evento foi Engajamento em foco: língua, discursos históricos e representações sociais.

Na ocasião, a convite da comissão organizadora do evento, a Profa. Dra. Cilene coordenou o simpósio Da(s) violência(s) nas artes: leituras e representações marginalizadas, que reuniu 5 trabalhos.

evento 2

A professora Cilene apresentou o trabalho “A experiência/violência do trabalho no samba do Estado Novo”, recorte de uma pesquisa maior que estuda a figuração de marginalizados na canção popular brasileira.

A mestra em Letras Stephany Porto apresentou o trabalho “Relatos de violências no conto ‘A confissão de Leontina’, de Lygia Fagundes Teles”. O trabalho se origina das discussões do Grupo de Estudo Narrativa e memórias, coordenado pela Profa. Dra. Cilene Pereira.

As mestrandas em Letras Flávia Santos e Jocelane Cruz apresentaram recortes de suas dissertações, respectivamente, os trabalhos “Cuidado, o ‘cidadão de bem’ está armado: leitura da crônica ‘Pode ser um assalto’, de Fernando Bonassi”, orientado pelo Prof. Dr. Luciano Cavalcanti, e “A violência no conto ‘Ana Davenga’, de Conceição Evaristo”, orientado pela Profa. Dra. Terezinha Richartz.

O mestrando em Ensino Cleverson Florêncio apresentou um recorte de sua pesquisa, realizada no Programa de Mestrado Profissional em Gestão, Planejamento e Ensino, orientada pela Profa. Dra. Cilene Pereira, “Curta metragem, educação e Direitos Humanos: reflexões sobre a violência de ser negado”.