ptenes

A UninCor deu início às defesas de dissertações do ano de 2017 para os concluintes do Programa de Mestrado em Letras.
 
No dia 02 de fevereiro, o aluno Daniel Santos Ribeiro defendeu o trabalho intitulado “O Poderoso Chefão: reflexões sobre literatura, cinema e adaptação”. Ele estabeleceu, pelo viés das Teorias da Adaptação, uma leitura comparada entre o romance homônimo de Mario Puzo e o filme de Coppola, destacando a composição das personagens e da história da máfia. 
 
As defesas continuaram no dia 10 de fevereiro, às 9h, quando Ana Miriam Carneiro Rodriguez apresentou a pesquisa "Um discurso vendável: uma análise linguístico-retórica das escolhas verbo-visuais da campanha de Aécio Neves para presidência, nas eleições de 2014". Sob um viés discursivo, o estudo objetivou, de modo geral, observar o movimento de estratégias linguísticas orientadoras da construção de imagens e produção de sentido. 
 
No mesmo dia, às 14h, Paulo Afonso Daher Júnior defendeu sua dissertação sobre "A redução da maioridade penal e os elementos argumentativos do gênero justificação do projeto de emenda à constituição nº 171/93”. No trabalho, ele propôs a análise da estrutura argumentativa utilizada na Justificação do Projeto de Emenda, com o apoio teórico dos estudos da Nova Retórica de Chaim Perelman, da argumentação no discurso de Ruth Amossy e das ferramentas conceituais elaboradas por Bakhtin e seu círculo.
 
Todos os trabalhos apresentados foram aprovados pela banca examinadora. A próxima defesa será de Luciana Andrade Miranda, que abordou, em seu trabalho, "Dos insights aos sentidos: um estudo sobre as representações de docentes no Atendimento Educacional Especializado", no dia 16 de fevereiro, às 16, na Sala de Defesas.