ptenes

 betim artigo sus

Professores, alunos e egressos da UninCor Betim publicaram no International Journal of Development Research o artigo intitulado de: “O SUS na perspectiva da população de Minas Gerais”, fruto de um Trabalho de Conclusão de Curso de Enfermagem dos ex-alunos Larissa Lopes Batista e Mateus Henrique dos Santos orientados pelo professor José Rodrigo da Silva. 

O trabalho teve como objetivo principal apurar o conhecimento da população a respeito do Sistema Único de Saúde (SUS) e seus serviços. Para isso, desenvolveu-se um questionário por meio do Google Formulários, que foi encaminhado para os participantes entre diversos municípios do estado. O público-alvo foi definido de maneira aleatória com faixa etária, gênero e escolaridade variados. 

Os resultados mostraram que cerca de 48% dos entrevistados não possuem plano de saúde privado, outros 11% da amostra responderam que usam o SUS de maneira integral, e por outro lado, 11% afirmam não fazer uso em momento algum do Sistema Único de Saúde e 35% relataram o uso de maneira rara. Aqueles que reconheceram a importância do SUS em seu dia a dia totalizam 56%. 

Diante dos dados, percebeu-se que uma fatia expressiva dos mineiros desconhecem a dimensão do Sistema Único de Saúde e suas áreas de atuação, identificando uma deficiência no entendimento de que todas as realizações de promoção, prevenção, recuperação e tratamento, de alguma maneira estão associadas ao Sistema Único de Saúde. 

Conclusão

Traçando o perfil da população, observou-se que, apesar da maioria possuir ensino médio ou superior, há uma falta de conhecimento e/ou sobre a dimensão do SUS.  

Um equívoco comum evidenciado entre os entrevistados é acreditar que o SUS está presente somente na assistência médica oferecida pelo governo, através das Unidades de Pronto Atendimento e Estratégias de Saúde da Família, porém, o SUS abrange muito mais, permitindo que a população utilize os serviços sem entender que está utilizando o SUS. 

É válido ressaltar que, mesmo possuindo planos de saúde particulares, a população conta com todos os serviços de forma totalmente gratuita e involuntária. Percebe-se que há uma grande necessidade da busca pelo conhecimento sobre o SUS, pois uma vez que a sociedade estiver mais inteirada sobre a abrangência do Sistema Único de Saúde, suas diretrizes, obrigações e deveres, ela se torna mais preparada para reivindicar seus direitos, atuar de forma participativa, contribuindo para ampliar e melhorar cada vez mais o serviço. 

Com as informações obtidas através da pesquisa, vemos, além das críticas relacionadas a alguns setores, uma carência de informações a respeito dos serviços que têm à disposição, além dos que já usam e não sabem que são oferecidos pelo SUS. 

Assinam o artigo o professor e coordenador do curso de Enfermagem da UninCor campus Betim e Belo Horizonte, José Rodrigo da Silva; o professor do curso Dejanir José Campos Junior; os egressos Larissa Lopes Batista e Mateus Henrique dos Santos e os acadêmicos: Jennifer Lucas Silva, Lucas Pinheiro Silva, Raiane Karolaine da Silva e Viviene Mary Faria de Oliveira e também Pablo Gustavo Oliveira, membro do grupo de pesquisa.

Acesse aqui o artigo completo.