ptenes

UninCor promoveu, na sede da instituição, nos dias 28 e 29 de junho, o I Seminário em Gestão, Planejamento e Ensino, voltado para alunos de graduação e pós-graduação, pesquisadores e professores. O evento, que foi organizado pelo Mestrado Profissional em Gestão, Planejamento e Ensino, fomentou a discussão sobre o processo de formação de professores e seu papel no sistema educacional, além de abordar as diversas áreas da gestão educacional na atualidade, como recursos humanos, finanças, sistemas de informação, empreendedorismo e relacionamento inter-organizacional.

Nesta primeira edição, a UninCor recebeu a inscrição de mais de 80 trabalhos acadêmicos de cidades como Belo Horizonte, Betim, Campanha, Contagem, Januária, Muzambinho, Pará de Minas, Pouso Alegre, Rio de Janeiro, Três Corações e Varginha, sendo que destes, 53 foram escolhidos para serem apresentados em comunicações orais. As atividades ocorreram, simultaneamente, em quatro salas, nas 12 horas de duração do evento, proporcionando a troca de conhecimento e experiências entre as diversas áreas que envolvem a educação.  

I seminario gpe 4

De acordo com a coordenadora do programa de mestrado e reitora da universidade, Gleicione Aparecida Dias Bagne Souza, a iniciativa tem papel importante na promoção de networking acadêmico e profissional, visto que os conteúdos trazidos para apresentação no seminário são atualizados, sendo uma oportunidade de entrar em contato com ideias diferentes, perspectivas de outras áreas e até mesmo, estudos inovadores.

“O seminário foi importante porque propôs um debate da temática Gestão Planejamento e Ensino sob pontos de vistas distintos, formando opiniões diversas. Desse modo, através das apresentações orais, foi possível ampliar conhecimento e adquirir outros novos, de forma verdadeiramente transversal, pois conhecer tantos profissionais da mesma área estreita as relações e oportunidades de trabalho, por meio das trocas de informações sobre interesses comuns”, afirma.

A professora Roseli Martins de Souza veio da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) para participar do seminário e viu na iniciativa, a oportunidade de uma maior interação entre escola e universidade. “O seminário ofereceu abertura para que alunos, professores, gestores e pedagogos trocassem valiosas informações e experiências. Aqui na UninCor, por exemplo, pude ver como uma estrutura tão completa como essa, com rampas de acesso e placas em braile, pode expandir o ensino para todas as pessoas trazendo, cada vez mais, o estudante para dentro das instituições de ensino”, destacou.