Voltar para a lista de cursos

 Informações Gerais

    

Regime escolar: Semestral
Turno de funcionamento: Integral
Integralização Curricular
Modalidade: Bacharelado – Presencial
Tempo previsto: Mínimo 08 semestres e Máximo: 16 semestres
Carga horária total: 4.466 horas 

 Perfil do Egresso

   

Tendo em vista as demandas e expectativas relativas ao desenvolvimento do setor da saúde no Sul de Minas e regiões de abrangência da UninCor, bem como as Diretrizes Curriculares Nacionais (DCN) para os cursos de graduação em Odontologia, o perfil do aluno formado pela UninCor é o de um profissional generalista, humanista, crítico e reflexivo, para atuar em todos os níveis de atenção à saúde, com base no rigor técnico e científico. Profissional capacitado ao exercício de atividades referentes à saúde bucal da população, pautado em princípios éticos, legais e na compreensão da realidade social, cultural e econômica do seu meio, dirigindo sua atuação para a transformação da realidade em benefício da sociedade.

A formação do egresso/profissional, cirurgião dentista, deverá contemplar o sistema de saúde vigente no país, a atenção integral da saúde num sistema regionalizado e hierarquizado de referência e trabalho em equipe.

Com a implementação do Programa Nacional de Reorientação da Formação Profissional em Saúde, houve o aprimoramento no processo de formação profissional, qualificando, ao mesmo tempo, o sistema local de assistência, reduzindo o distanciamento entre os mundos acadêmico e o da prestação real dos serviços de saúde.

Desta forma, incorporar na formação do profissional de Odontologia uma visão mais social e humanitária, reconhecendo, analisando criticamente e atuando sobre as necessidades básicas dos serviços de saúde da comunidade. Com isso, todo o conhecimento técnico-científico gerado na Universidade, poderá ser empregado diretamente na atenção das necessidades básicas de saúde do município, durante o curso de graduação, fazendo com que os próprios alunos, acompanhados por docentes responsáveis, sejam instrumentos desse processo. Assim, o cirurgião dentista formado será um profissional liberal, com excelência técnica e com amplo conhecimento do Sistema Único de Saúde.

Além do explicitado, deseja-se que graduado da UninCor tenha:

  • Atenção à saúde: os profissionais de saúde, dentro de seu âmbito profissional, devem estar aptos a desenvolver ações de prevenção, promoção, proteção e reabilitação da saúde, tanto em nível individual quanto coletivo. Cada profissional deve assegurar que sua prática seja realizada de forma integrada e contínua com as demais instâncias do sistema de saúde, sendo capaz de pensar criticamente, de analisar os problemas da sociedade e de procurar soluções para os mesmos. Os profissionais devem realizar seus serviços dentro dos mais altos padrões de qualidade e dos princípios da ética/bioética, tendo em conta que a responsabilidade da atenção à saúde não se encerra com o ato técnico, mas sim, com a resolução do problema de saúde, tanto em nível individual como coletivo;
  • Tomada de decisões: o trabalho dos profissionais de saúde deve estar fundamentado na capacidade de tomar decisões visando o uso apropriado, eficácia e custo-efetividade, da força de trabalho, de medicamentos, de equipamentos, de procedimentos e de práticas. Para este fim, os mesmos devem possuir competências e habilidades para avaliar, sistematizar e decidir as condutas mais adequadas, baseadas em evidências científicas;
  • Comunicação: os profissionais de saúde devem ser acessíveis e devem manter a confidencialidade das informações a eles confiadas, na interação com outros profissionais de saúde e o público em geral. A comunicação envolve comunicação verbal, não- verbal e habilidades de escrita e leitura; o domínio de, pelo menos, uma língua estrangeira e de tecnologias de comunicação e informação;
  • Liderança: no trabalho em equipe multiprofissional, os profissionais de saúde deverão estar aptos a assumir posições de liderança, sempre tendo em vista o bem estar da comunidade. A liderança envolve compromisso, responsabilidade, empatia, habilidade para tomada de decisões, comunicação e gerenciamento de forma efetiva e eficaz;
  • Administração e gerenciamento: os profissionais devem estar aptos a tomar iniciativa, fazer o gerenciamento e administração tanto da força de trabalho, dos recursos físicos e materiais e de informação, da mesma forma que devem estar aptos a ser empreendedores, gestores, empregadores ou lideranças na equipe de saúde;
  • Educação permanente: os profissionais devem ser capazes de aprender continuamente, tanto na sua formação, quanto na sua prática. Desta forma, os profissionais de saúde devem aprender a aprender e ter responsabilidade e compromisso com a sua educação e o treinamento/estágios das futuras gerações de profissionais, proporcionando condições para que haja beneficio mútuo entre os futuros profissionais e os profissionais dos serviços, inclusive, estimulando e desenvolvendo a mobilidade acadêmico/profissional, a formação e a cooperação através de redes nacionais e internacionais.

 

 Objetivos

A missão do curso de graduação em Odontologia da UninCor é a formação de Cirurgiões-Dentistas com sólida capacitação técnico-científica, amparada em princípios éticos humanísticos e sociais, dentro de uma abordagem integral do processo saúde-doença e de equilíbrio entre excelência técnica e relevância social, com vistas ao atendimento das necessidades da população brasileira, nos diferentes níveis de atenção à saúde bucal.  

 Habilidades e Competências

O Curso de Graduação em Odontologia da UninCor deve assegurar que seus graduandos desenvolvam competências e habilidades específicas para:

  • Respeitar os princípios éticos e legais inerentes ao exercício profissional;
  • Atuar em todos os níveis de atenção à saúde, integrando-se em programas de promoção, manutenção, prevenção, proteção e recuperação da saúde, sensibilizados e comprometidos com o ser humano, respeitando-o e valorizando-o;
  • Atuar multiprofissionalmente, interdisciplinarmente e transdisciplinarmente com extrema produtividade na promoção da saúde baseado na convicção científica, de cidadania e de ética;
  • Reconhecer a saúde como direito e condições dignas de vida e atuar de forma a garantir a integralidade da assistência, entendida como conjunto articulado e contínuo das ações e serviços preventivos e curativos, individuais e coletivos, exigidos para cada caso em todos os níveis de complexidade do sistema;
  • Exercer sua profissão de forma articulada ao contexto social, entendendo-a como uma forma de participação e contribuição social;
  • Conhecer métodos e técnicas de investigação e elaboração de trabalhos acadêmicos e científicos;
  • Desenvolver assistência odontológica individual e coletiva;
  • Identificar em pacientes e em grupos populacionais as doenças e distúrbios buco-maxilo-faciais e realizar procedimentos adequados para suas investigações, prevenção, tratamento e controle;
  • Cumprir investigações básicas e procedimentos operatórios;
  • Promover a saúde bucal e prevenir doenças e distúrbios bucais;
  • Comunicar e trabalhar efetivamente com pacientes, trabalhadores da área da saúde e outros indivíduos relevantes, grupos e organizações;
  • Obter e eficientemente gravar informações confiáveis e avaliá-las objetivamente;
  • Aplicar conhecimentos e compreensão de outros aspectos de cuidados de saúde na busca de soluções mais adequadas para os problemas clínicos no interesse de ambos, o indivíduo e a comunidade;
  • Analisar e interpretar os resultados de relevantes pesquisas experimentais, epidemiológicas e clínicas;
  • Organizar, manusear e avaliar recursos de cuidados de saúde efetiva e eficientemente;
  • Aplicar conhecimentos de saúde bucal, de doenças e tópicos relacionados no melhor interesse do indivíduo e da comunidade;
  • Participar em educação continuada relativa a saúde bucal e doenças como um componente da obrigação profissional e manter espírito crítico, mas aberto a novas informações;
  • Participar de investigações científicas sobre doenças e saúde bucal e estar preparado para aplicar os resultados de pesquisas para os cuidados de saúde;
  • Buscar melhorar a percepção e providenciar soluções para os problemas de saúde bucal e áreas relacionadas e necessidades globais da comunidade;
  • Manter reconhecido padrão de ética profissional e conduta, e aplicá-lo em todos os aspectos da vida profissional;
  • Estar ciente das regras dos trabalhadores da área da saúde bucal na sociedade e ter responsabilidade pessoal para com tais regras;
  • Reconhecer suas limitações e estar adaptado e flexível face às mudanças circunstanciais.
  • Colher, observar e interpretar dados para a construção do diagnóstico;
  • Identificar as afecções buco-maxilo-faciais prevalentes;
  • Propor e executar planos de tratamento adequados;
  • Realizar a preservação da saúde bucal;
  • Comunicar-se com pacientes, com profissionais da saúde e com a comunidade em geral;
  • Trabalhar em equipes interdisciplinares e atuar como agente de promoção de saúde;
  • Planejar e administrar serviços de saúde comunitária;
  • Acompanhar e incorporar inovações tecnológicas (informática, novos materiais, biotecnologia) no exercício da profissão.

Desta forma, espera-se que a formação do Cirurgião Dentista da UninCor contemple as necessidades do sistema de saúde vigente no país.

 Grade Curricular e Corpo Docente

1º Período

Disciplinas Carga horária
Anatomia e Escultura Dental 80
Anatomia Humana 120
Biologia Celular e Molecular 80
Bioquímica e Biofísica 80
Desenvolvimento do Pensamento Filosófico 80
Estágio Supervisionado Extramuro I 40
Projeto Integrador I (Empreendedorismo, Liderança, Criatividade e Inovação). 80

 

2º Período

Disciplinas Carga horária
Anatomia da Cabeça e Pescoço 80
Comunicação e Processo Científico 80
Estatística e Bioinformática 80
Fisiologia 120
Histologia, Embriologia e Genética 80
Histologia Oral e Maxilo-Facial 40
Processos Infecciosos e Parasitários 80
Projeto Integrador II (Responsabilidade Social, Educação, Étnico-racial) 80
Estágio Supervisionado Extramuro II 40

 

3º Período

Disciplinas Carga horária
Biomateriais Odontológicos 100
Cariologia 40
Farmacologia 80
Imaginologia Oral e Maxilo-Facial 80
Processos Psicológicos Básicos 80
Patologia 80
Saúde Pública 80
Projeto Integrador III (Meio Ambiente e Sustentabilidade) 80
Estágio Supervisionado Extramuro III 40

 

4º Período

Disciplinas Carga horária
Anestesiologia e Analgesia 80
Dentística 80
Endodontia 80
Patologia Oral e Maxilo-Facial 80
Periodontia 80
Oclusão 60
Odontologia Social e Preventiva I 40
Terapêuticas e Propedêuticas 60
Estágio Supervisionado Extramuro  IV 40

 

5º Período

Disciplinas Carga horária
Biossegurança e Ergonomia Aplicada à Odontologia 40
Cirurgia 60
Dentística Clinica 60
Disfunção Têmporo Mandibular 80
Endodontia Clinica 60
Estomatologia 80
Odontopediatria I 60
Ortodontia e Ortopedia Funcional dos Maxilares I 60
Periodontia Clinica 60
Estágio Supervisionado Extramuro V 40

 

6º Período

Disciplinas Carga horária
Cirurgia Clinica 60
Clinica Integrada I 80
Odontologia Social e Preventiva II 40
Odontopediatria II 60
Ortodontia e Ortopedia Funcional dos Maxilares II 60
Prótese Fixa 80
Prótese Removível 80
Estágio Supervisionado Extramuro VI 40
Estágio Supervisionado Intramuro em Atenção Básica 140

 

7º Período

Disciplinas Carga horária
Cirurgia Buco-Maxilo-Facial 80
Clinica Integrada II 80
Clinica Integrada Odontopediátrica I 60
Deontologia, Odontologia Legal e Orientação Profissional 60
Estágio Supervisionado Extramuro VII 60
Estágio Supervisionado Intramuro em Clinica Integrada I 100
Estágio Supervisionado Intramuro em Clinica Integrada Infantil I 100
Implantodontia 60
Trabalho de Conclusão de Curso I 40

 

8º Período

Disciplinas Carga horária
Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial 80
Clinica Integrada III 80
Clinica Integrada Odontopediátrica II 60
Estágio Supervisionado Extramuro VIII 60
Estágio Supervisionado Intramuro em Clinica Integrada II 100
Estágio Supervisionado Intramuro em Clinica Integrada Infantil II 100
Optativa 40
Trabalho de Conclusão de Curso II 40

 

Corpo Docente

Corpo Docente

Docente Lattes
Alberto Luiz Felipe http://lattes.cnpq.br/5167794193440406
Ana Carla Junqueira Pereira http://lattes.cnpq.br/3509135529365341
Ana Paula de Oliveira Maciel http://lattes.cnpq.br/9238221353763365
Cátia Marisa Gazolla  de Oliveira http://lattes.cnpq.br/2203436902539031
Camila Alessandra Pazzini http://lattes.cnpq.br/4586854812845013
Cilene Margarete Pereira http://lattes.cnpq.br/9574577449606443
Danilo Silveira Pelucio http://lattes.cnpq.br/3647201826080696
Edson Toyoshi Chiba  Não possui Lattes
Eliana Alcantra http://lattes.cnpq.br/3223228255062554
Fabiola Sarrápio http://lattes.cnpq.br/1857484059466562
Fernanda Valadão Moysés http://lattes.cnpq.br/1792925104058669
Gutemberg dos Santos http://lattes.cnpq.br/7711707365105293
Jocyare Cristina Pereira de Souza http://lattes.cnpq.br/6971092838621749
João Paulo Pereira Rosa http://lattes.cnpq.br/2731415543245868
José Carlos Rabelo Ribeiro http://lattes.cnpq.br/7999457508635717
José Dias da Silva Neto http://lattes.cnpq.br/7846860234083476
João Paulo Pereira Rosa http://lattes.cnpq.br/2731415543245868
Luciano Marcos Dias Cavalcanti http://lattes.cnpq.br/9219777786891977
Lúcio Henrique de Oliveira http://lattes.cnpq.br/5772539730216368
Luis Alberto da Silva http://lattes.cnpq.br/7809407712012147
Luiz Augusto Maia de Oliveira http://lattes.cnpq.br/0537952007983970
Luiz Antônio Andriatta Ayres http://lattes.cnpq.br/5351089490378994
Marcelo Junqueira Pereira http://lattes.cnpq.br/2246133032640860
Marcio de Souza Ferreira http://lattes.cnpq.br/6511459374208988
Marcos Ribeiro Moysés http://lattes.cnpq.br/7600382169373939
Eliane Feitosa http://lattes.cnpq.br/7137220037053592
Marina Sant'Ana Gazolla http://lattes.cnpq.br/0956799494934228
Mateus Henrique Lopes Dominguette http://lattes.cnpq.br/9573596757275142
Oadi José Cury http://lattes.cnpq.br/9469197150331459
Paulo Henrique Pereira http://lattes.cnpq.br/1207357288266030
Robinson Silveira da Mata http://lattes.cnpq.br/2863692912522869
Simone Cerqueira Ferreira http://lattes.cnpq.br/5686132196388712
Simone Catarina Silva Archanjo http://lattes.cnpq.br/2913422653515240
Tufi Neder Meyer http://lattes.cnpq.br/2421290294516193
Viviane de Fátima Silva Pessoa http://lattes.cnpq.br/1364489830624761
Walace Henry Miranda Coimbra http://lattes.cnpq.br/1197313509490121

                                                                         

 Formas de Avaliação

A Avaliação do Rendimento Acadêmico se dá a partir de dois aspectos: o aproveitamento escolar e assiduidade.

Quanto ao aspecto da assiduidade, permanece a exigência legal, já conhecida por todos: é considerado aprovado o aluno com frequência igual ou superior a 75% (setenta e cinco por cento) da carga horária prevista para cada componente curricular.

Quanto ao aspecto da avaliação do aproveitamento, em termos de aprendizagem, ficam instituídas as seguintes modalidades de avaliações:

VA - Verificação de Aprendizagem – trata-se de avaliação individual, escrita e/ou prática observada a natureza do componente curricular, referente ao conteúdo programático cumulativo, prevista em calendário específico.

OAt - Outras Atividades – obtida por meio de verificação do rendimento do aluno em atividades (individual ou em grupo), de investigação (pesquisa, iniciação científica, práticas investigativas), de extensão, trabalhos de campo, seminários, resenhas, fichamentos e outras formas de verificações previstas no Plano de Ensino do Professor, respeitado o Calendário Acadêmico, traduzidas em notas. No caso de trabalho em grupo, deverá ser considerado o desempenho individual de cada aluno.

VS – Verificação Substitutiva – avaliação escrita com conteúdo cumulativo, referente a todo o semestre letivo, ofertada ao aluno que a requerer, destinada a substituir apenas uma (01) das VAs perdida pelo mesmo.

VF – Verificação Final – avaliação escrita com conteúdo cumulativo referente a todo o semestre letivo, ofertada após o encerramento do semestre letivo, ao aluno que a requerer, desde que o resultado obtido nas avaliações anteriores tenha sido inferior a 60 pontos e igual ou maior que 40.

Pontuação e Critérios para Apuração da Avaliação do Rendimento Escolar

As VAs – Verificações de Aprendizagem serão em número de três (03) no semestre letivo, em cada componente curricular e com as seguintes pontuações:

  • VA 1 = 15 pontos
  • VA 2 = 25 pontos
  • VA 3 = 35 pontos

As OAts – Outras Atividades terão o valor total de 25 pontos, os quais poderão ser distribuídos em várias atividades, a critério do professor do componente curricular.

A apuração dos resultados da avaliação da aprendizagem é assim processada:

  • NS – Nota Semestral – resultado obtido pelo somatório das VAs (Verificações de Aprendizagem) + OAt -Outras Atividades.
  • RF – Resultado Final – é o resultado da avaliação da aprendizagem obtido pelo aluno por meio da média aritmética simples entre os resultados da Nota Semestral (NS) e Verificação Final (VF), em cada componente curricular, cuja pontuação mínima de aprovação deve ser de 60 pontos.

As médias dos alunos serão calculadas de forma automática pelo Sistema Acadêmico, permitindo-se arredondamento.

 Autoavaliação

 A UninCor conta com uma Comissão Própria de Avaliação – CPA, autônoma na forma da lei e independente de vínculo com qualquer órgão colegiado ou diretivo da universidade, com as atribuições de condução dos processos de avaliação internos, de sistematização e de prestação das informações, visando à constante melhoria da qualidade do ensino ministrado.

A CPA é constituída, tanto a composição quanto a coordenação, por ato da Reitoria ou por previsão no seu próprio regulamento, assegurada a participação de todos os segmentos da comunidade universitária e da sociedade civil organizada, e vedada a composição que privilegie a maioria absoluta de um dos segmentos.

Serão etapas da auto avaliação do curso:

•           Definição de indicadores e fontes para a compreensão do diagnóstico.

•           Definição dos instrumentos a serem utilizados.

•           Desenvolvimento da auto avaliação.

•           Identificação de problemas e conquistas.

•           Identificação de soluções.

•           Divulgação e discussão dos resultados.

•           Elaboração de Plano de Ação.

•           Acompanhamento / Controle.

 Formas de Acesso  

Enem

A modalidade de ingresso via ENEM se aplica a todos os cursos de graduação, presencial ou a distância. A modalidade de acesso via ENEM contemplará os candidatos que quiserem utilizar sua nota de um dos 4 últimos exames aplicados do ENEM. O candidato deverá informar o ano de realização do ENEM e a nota obtida na redação, que será validada automaticamente pelo sistema.

Provas On-line

A modalidade de ingresso via prova online está disponível para todos os cursos de graduação ofertados, tanto presenciais como a distância. A Prova Online é composta de uma prova de redação a ser realizada online que visa aferir o domínio da habilidade de expressão escrita em seus diversos aspectos e consiste em uma interpretação de texto ou dissertação e terá caráter classificatório e eliminatório.

Provas Agendadas

A modalidade de ingresso via prova agendada se aplica a todos os cursos de graduação, presencial ou a distância. A Prova Agendada é composta de uma prova de redação a ser realizada em data previamente escolhida pelo candidato que visa aferir o domínio da habilidade de expressão escrita em seus diversos aspectos e consiste em uma interpretação de texto ou dissertação e terá caráter classificatório e eliminatório.

Vestibular Tradicional

A modalidade de ingresso via prova tradicional se aplica a todos os cursos de graduação, presencial ou a distância. A Prova Tradicional é composta de uma prova objetiva de 30 questões de múltipla escolha e uma redação, que visa aferir o domínio da habilidade de expressão escrita em seus diversos aspectos e consiste em uma interpretação de texto ou dissertação e terá caráter classificatório e eliminatório

 

 

_____________________________________________

inscreva se

odontologia