Voltar para a lista de cursos

 

 Informações Gerais

    

Regime escolar: Semestral
Turno de funcionamento: Noturno

Integralização Curricular
Modalidade: Licenciatura – Presencial
Tempo previsto: Mínimo 06 semestres e Máximo: 12 semestres
Carga horária total: 2.966 horas

 Perfil do Egresso

   

De acordo com o Projeto Pedagógico Institucional da UninCor, os cursos de graduação devem priorizar a formação de profissionais, que: “estejam preparados para atender as demandas do exercício profissional específico, que saiba mobilizar conhecimentos, transformando-os em ação, que saiba avaliar criticamente a própria atuação e o contexto em que atua e que saiba, também, interagir cooperativamente com a comunidade profissional a que pertence e com a sociedade, conforme preconiza o Parecer CNE/CP 09/2001”.

Desta maneira, o Curso de Licenciatura em Educação Física busca a formação de profissionais capazes de:

  • Articular ensino e pesquisa, e de forma dialética utilizar teoria e prática nas suas ações pedagógicas, tratando as relações de aprendizagem como objeto de investigação;
  • Atuar com discernimento ético, distinguindo-se pela sua responsabilidade social, profissional e pela compreensão do papel da educação na sociedade;
  • Articular ensino e pesquisa, e de forma dialética utilizar teoria e prática nas suas ações pedagógicas, tratando as relações de aprendizagem como objeto de investigação;
  • Pesquisar, conhecer, compreender, analisar, avaliar a realidade social para nela intervir, por meio das manifestações e expressões do movimento humano, tematizadas, com foco nas diferentes modalidades do exercício físico, da ginástica, do jogo, do esporte, da luta/arte marcial, da dança, visando a formação, a ampliação e enriquecimento cultural da sociedade para aumentar as possibilidades de adoção de um estilo de vida fisicamente ativo e saudável.
  • Dominar os conhecimentos conceituais, procedimentais e atitudinais específicos da Educação Física e aqueles advindos da ciência afins, orientados por valores sociais, morais, éticos estéticos próprios de uma sociedade plural e democrática.
  • Acompanhar as transformações acadêmico-científicas da Educação Física e de áreas afins mediante análise critica da literatura especializada com o propósito de contínua atualização e produção acadêmico-profissional.
  • Utilizar recursos da tecnologia da informação e da comunicação de forma a ampliar e diversificar as formas de interagir com as fontes de produção e de difusão de conhecimentos específicos da Educação Física e de áreas afins, com o propósito de contínua atualização e produção acadêmica profissional.

 Objetivos

Formar professores de Educação Física para atuar na docência das etapas de ensino básico: Educação Infantil, no Ensino Fundamental e no Ensino Médio, com discernimento e fundamentado na interação e integração da Educação Física no contexto escolar. 

 

 Habilidades e Competências

  • Compreender e dominar os conhecimentos conceituais, procedimentais e atitudinais específicos da Educação Física e aqueles advindos das ciências afins, orientados por valores sociais, morais, éticos e estéticos próprios de uma sociedade plural e democrática.
  • Pesquisar, conhecer, compreender, analisar e avaliar a realidade social para nela intervir acadêmica e profissionalmente, por meio das manifestações e expressões do movimento humano, com foco nas diferentes formas e modalidades do exercício físico, da ginástica, do jogo, do esporte, da luta/arte marcial, da dança, visando a formação, a ampliação e o enriquecimento cultural da sociedade, para aumentar as possibilidades de adoção de um estilo de vida fisicamente ativo e saudável.
  • Intervir acadêmica e profissionalmente de forma deliberada, adequada e eticamente balizada nos campos da prevenção de problemas de agravo da saúde; promoção, proteção e reabilitação da saúde, da formação cultural, da educação e da reeducação motora, do rendimento físico-esportivo, do lazer, da gestão de empreendimentos relacionados às atividades físicas, recreativas e esportivas, além de outros campos que oportunizem ou venham a oportunizar a prática de atividades físicas, recreativas e esportivas.
  • Participar, assessorar, coordenar, liderar e gerenciar equipes multiprofissionais de discussão, de definição e de operacionalização de políticas públicas e institucionais nos campos da saúde, do lazer, do esporte, da educação, da segurança, do urbanismo, do ambiente, da cultura, do trabalho, dentre outros.
  • Diagnosticar os interesses, as expectativas e as necessidades das pessoas (crianças, jovens, adultos, idosos, pessoas portadoras de deficiências, de grupos e comunidades especiais) de modo a planejar, prescrever, ensinar, orientar, assessorar, supervisionar, controlar e avaliar projetos e programas de atividades físicas, recreativas e esportivas nas perspectivas da prevenção, da promoção, da proteção e da reabilitação da saúde, da formação cultural, da educação e da reeducação motora, do rendimento físico-esportivo, do lazer e de outros campos que oportunizem ou venham a oportunizar a prática de atividades físicas, recreativas e esportivas.
  • Conhecer, dominar, produzir, selecionar, e avaliar os efeitos da aplicação de diferentes técnicas, instrumentos, equipamentos, procedimentos e metodologias para a produção e a intervenção acadêmico-profissional em Educação Física nos campos da prevenção, promoção, proteção e reabilitação da saúde, da formação cultural, da educação e reeducação motora, do rendimento físico-esportivo, do lazer, da gestão de empreendimentos relacionados às atividades físicas, recreativas e esportivas, além de outros campos que oportunizem ou venham a oportunizar a prática de atividades físicas, recreativas e esportivas.
  • Acompanhar as transformações acadêmico-científicas da Educação Física e de áreas afins, mediante a análise crítica da literatura especializada, com o propósito de contínua atualização e produção acadêmico-profissional.
  • Utilizar recursos da tecnologia da informação e da comunicação, de forma a ampliar e diversificar as formas de interagir com as fontes de produção e de difusão de conhecimentos específicos da Educação Física e de áreas afins, com o propósito de contínua atualização e produção acadêmico-profissional.

Contribuir na construção de saberes coletivos sobre seus alunos, a escola e a educação.

  Grade Curricular e Corpo Docente

Grade Curricular

1º Período

Disciplinas Carga horária
Anatomia Humana 80
Bioquímica e Biofísica 80
Esportes Coletivos I 80
Desenvolvimento do Pensamento Filosófico 80
Lazer e Recreação 80
Projeto Integrador I – (Empreendedorismo, Liderança, Criatividade e Inovação) 80
Pratica de Formação I – Conhecimento da Escola 40
Atividades Complementares 20

 

2º Período

Disciplinas Carga horária
Fisiologia Humana 80
Esportes Individuais I 80
Esportes Coletivos II 80
Comunicação e Processo Cientifico 80
Projeto Integrador II – Responsabilidade Social, Educação Étnico Racial 80
Pratica de Formação II – O planejamento do ensino 50
Atividades Complementares 20

 

3º Período

Disciplinas Carga horária
Didática e Planejamento 40
Esportes Individuais II 80
Esportes Coletivos III 80
Cinesiologia Humana 80
Desenvolvimento Social e Humano 80
Projeto Integrador III – Meio Ambiente e Sustentabilidade) 80
Pratica de Formação III – O ensino Infantil 50
Atividades Complementares 20

 

4º Período

Disciplinas Carga horária
Historia da Educação Física e Esportes 40
Metodologia da Educação Física e dos Esportes 40
Esportes Individuais III 80
Atividades Rítmicas 40
Esportes Coletivos IV 80
Sustentabilidade e Desenvolvimento 80
Projeto Integrador IV – Primeiros Socorros 40
Pratica de Formação IV – Ensino Infantil II 80
Atividades Complementares 20

 

5º Período

Disciplinas Carga horária
Psicologia da Educação 80
Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) 80
Jogos, Brinquedos e Brincadeiras 40
Educação Física Escolar I 40
Filosofia e Sociologia da Educação 80
Ciência Política e Políticas Contemporâneas 80
Pratica de Formação V – O ensino fundamental I (1º ao 5º ano) 80
Estagio Supervisionado I ( o planejamento escolar e o ensino infantil I e II) 100
Atividades Complementares 20

 

6º Período

Disciplinas Carga horária
Educação Física e Saúde 40
Educação Física para pessoas com deficiência 80
Aprendizagem Motora e Comportamento Motor 80
Educação Física Escolar II 40
Gestão Educacional dos Sistemas de Ensino 40
Medidas e Avaliações 80
Pratica de Formação VI – Ensino Fundamental II (6º ao 9º ano) 60
Estágio Supervisionado II (o ensino fundamental) 100
Atividades Complementares 20

 

7º Período

Disciplinas Carga horária
Educação Afro-Brasileira e Étnico Racial 40
Tecnologia da Educação 80
Administração e Organização de Eventos Esportivos 80
Política e Organização Escolar 40
Estagio Supervisionado III (o ensino médio) 100
Fisiologia do Esforço 80
Trabalho de Conclusão de Curso I (TCC I) 40
Pratica de Formação VII – Ensino Médio 60
Atividades Complementares 40

 

8º Período

Disciplinas Carga horária
Educação Inclusiva 80
Estagio Supervisionado IV – Escolas Especiais e Educação de Jovens e Adultos 100
Nutrição Aplicada à Educação Física 40
Optativas 80
Prática de Formação VII I– Escolas Especiais 60
Prática de Formação IX – Iniciação Esportiva e Esportes Coletivos 80
Trabalho de Conclusão de Curso II (TCC II) 40
Atividades Complementares 40

 

Corpo Docente

  

Docente Lattes
Cilene Margarete Pereira http://lattes.cnpq.br/9574577449606443
Deborah Regina Silva Guimarães http://lattes.cnpq.br/9316148071880549
Eloisa Magela Mendonça http://lattes.cnpq.br/6649329281784603
Graziella Patrício Pereira Garcia http://lattes.cnpq.br/3975484705565815
Helder Francis Lima Araújo http://lattes.cnpq.br/7041178050977767
Jean Peter Alves Batista http://lattes.cnpq.br/0752072119079129
Jocyare Cristina Pereira de Souza http://lattes.cnpq.br/6971092838621749
José Araujo de Souza  http://lattes.cnpq.br/6533884083513627
Leticia Rodrigues da Fonseca http://lattes.cnpq.br/4847209046603133
Luciano Marcos Dias Cavalcantti http://lattes.cnpq.br/9219777786891977
Luiz Antônio Andriatta Ayres http://lattes.cnpq.br/5351089490378994
Mauricio Cezar Resende Leite Junior http://lattes.cnpq.br/3507030985634876
Pedro Carlos Ferreira Santos http://lattes.cnpq.br/4502918706650690
Rosa Maria de Oliveira Lima http://lattes.cnpq.br/2059291306301742
Sergio Ricardo Magalhães http://lattes.cnpq.br/6326952875196975
Terezinha Richartz Santana http://lattes.cnpq.br/9610707436484070

 Formas de Avaliação

A Avaliação do Rendimento Acadêmico se dá a partir de dois aspectos: o aproveitamento escolar e assiduidade.

Quanto ao aspecto da assiduidade, permanece a exigência legal, já conhecida por todos: é considerado aprovado o aluno com frequência igual ou superior a 75% (setenta e cinco por cento) da carga horária prevista para cada componente curricular.

Quanto ao aspecto da avaliação do aproveitamento, em termos de aprendizagem, ficam instituídas as seguintes modalidades de avaliações:

VA - Verificação de Aprendizagem – trata-se de avaliação individual, escrita e/ou prática observada à natureza do componente curricular, referente ao conteúdo programático cumulativo, prevista em calendário específico.

OAt -Outras Atividades – obtida por meio de verificação do rendimento do aluno em atividades (individual ou em grupo), de investigação (pesquisa, iniciação científica, práticas investigativas), de extensão, trabalhos de campo, seminários, resenhas, fichamentos e outras formas de verificações previstas no Plano de Ensino do Professor, respeitado o Calendário Acadêmico, traduzidas em notas. No caso de trabalho em grupo, deverá ser considerado o desempenho individual de cada aluno.

VS – Verificação Substitutiva – avaliação escrita com conteúdo cumulativo, referente a todo o semestre letivo, ofertada ao aluno que a requerer, destinada a substituir apenas uma (01) das VAs perdida pelo mesmo.

VF – Verificação Final – avaliação escrita com conteúdo cumulativo referente a todo o semestre letivo, ofertada após o encerramento do semestre letivo, ao aluno que a requerer, desde que o resultado obtido nas avaliações anteriores tenha sido inferior a 60 pontos e igual ou maior que 40.

Pontuação e Critérios para Apuração da Avaliação do Rendimento Escolar

As VAs – Verificações de Aprendizagem serão em número de três (03) no semestre letivo, em cada componente curricular e com as seguintes pontuações:

  • VA 1 = 15 pontos
  • VA 2 = 25 pontos
  • VA 3 = 35 pontos

As OAts – Outras Atividades terão o valor total de 25 pontos, os quais poderão ser distribuídos em várias atividades, a critério do professor do componente curricular.

A apuração dos resultados da avaliação da aprendizagem é assim processada:

  • NS – Nota Semestral – resultado obtido pelo somatório das VAs (Verificações de Aprendizagem) + OAt -Outras Atividades.
  • RF – Resultado Final – é o resultado da avaliação da aprendizagem obtido pelo aluno por meio da média aritmética simples entre os resultados da Nota Semestral (NS) e Verificação Final (VF), em cada componente curricular, cuja pontuação mínima de aprovação deve ser de 60 pontos.

As médias dos alunos serão calculadas de forma automática pelo Sistema Acadêmico, permitindo-se arredondamento.

Oportunidades de Recuperação da Aprendizagem

A recuperação de aprendizagem é processual e se dará durante o período letivo, sendo realizada por meio de OAt - Outras Atividades e/ outros meios que o professor definir em seu planejamento.

  Autoavaliação

A UninCor conta com uma Comissão Própria de Avaliação – CPA, autônoma na forma da lei e independente de vínculo com qualquer órgão colegiado ou diretivo da universidade, com as atribuições de condução dos processos de avaliação internos, de sistematização e de prestação das informações, visando à constante melhoria da qualidade do ensino ministrado.

A CPA é constituída, tanto a composição quanto a coordenação, por ato da Reitoria ou por previsão no seu próprio regulamento, assegurada a participação de todos os segmentos da comunidade universitária e da sociedade civil organizada, e vedada a composição que privilegie a maioria absoluta de um dos segmentos.

Serão etapas da auto avaliação do curso:

  • Definição de indicadores e fontes para a compreensão do diagnóstico.
  • Definição dos instrumentos a serem utilizados.
  • Desenvolvimento da auto avaliação.
  • Identificação de problemas e conquistas.
  • Identificação de soluções.
  • Divulgação e discussão dos resultados.
  • Elaboração de Plano de Ação.
  • Acompanhamento / Controle.

 

 Formas de Acesso  

Enem

A modalidade de ingresso via ENEM se aplica a todos os cursos de graduação, presencial ou a distância. A modalidade de acesso via ENEM contemplará os candidatos que quiserem utilizar sua nota de um dos 4 últimos exames aplicados do ENEM. O candidato deverá informar o ano de realização do ENEM e a nota obtida na redação, que será validada automaticamente pelo sistema.

Provas On-line

A modalidade de ingresso via prova online está disponível para todos os cursos de graduação ofertados, tanto presenciais como a distância. A Prova Online é composta de uma prova de redação a ser realizada online que visa aferir o domínio da habilidade de expressão escrita em seus diversos aspectos e consiste em uma interpretação de texto ou dissertação e terá caráter classificatório e eliminatório.

Provas Agendadas

A modalidade de ingresso via prova agendada se aplica a todos os cursos de graduação, presencial ou a distância. A Prova Agendada é composta de uma prova de redação a ser realizada em data previamente escolhida pelo candidato que visa aferir o domínio da habilidade de expressão escrita em seus diversos aspectos e consiste em uma interpretação de texto ou dissertação e terá caráter classificatório e eliminatório.

Vestibular Tradicional

A modalidade de ingresso via prova tradicional se aplica a todos os cursos de graduação, presencial ou a distância. A Prova Tradicional é composta de uma prova objetiva de 30 questões de múltipla escolha e uma redação, que visa aferir o domínio da habilidade de expressão escrita em seus diversos aspectos e consiste em uma interpretação de texto ou dissertação e terá caráter classificatório e eliminatório

 

 

_____________________________________________

inscreva se

educacao fisica licenciatura